terça-feira, abril 24, 2007

Quanto vale um Reino?

Hoje, praticamente, de madrugada o único pensamento que me perscrutava o espírito era: o meu reino por mais uma hora de sono, please! Contudo, a inevitabilidade circunstancial, rapidamente, atribuiu um valor absoluto ao meu reino. Eu, ainda, tentei argumentar. Mas, não houve discussão possível!
Já na rua, pareceu-me ver alguém a correr e de imediato outro pensamento me esquadrinhou o espírito: se me deixassem, eu também corria… prá cama!


Fotografia de Pedro Ramos ("Vem comigo..."), retirada do sítio "1000 imagens"


Canela

2 comentários:

Anónimo disse...

Para fazer o quê?...dormir apenas?!...
Piro-farpa

Canela disse...

O que se pode fazer com uma cama?!