sexta-feira, abril 27, 2007

As perguntas que me fazem!

Por estes dias, meio em jeito de provocação, alguém me perguntou se conhecia um (único!) casal perfeito.
- Claro que sim! – respondi sem qualquer hesitação.
E a prova clara e inequívoca é a imagem que se segue.

Parasita pertencente ao género Schistosoma


Nesta parasitose, como podem verificar, a fêmea é mais comprida e fina, e vive, permanentemente, dentro do canal ginecóforo do macho. Ora então! Os meninos e as meninas são suficientemente grandinhos para perceberem o resto, verdade?! Não preciso de dar mais explicações técnicas, pois não?! Aliás, na minha terra costuma dizer-se que, para bom entendedor meia palavra basta!
Pois fiquem a saber que, na parasitologia existem casais, absolutamente, perfeitos!
Admirados?!
Quanto ao resto!... Bom! Quanto aos restantes!... Digamos que deve haver toda uma gama que vai dos mais-que-perfeitos aos absolutamente-imperfeitos!

Mais informações sobre esta parasitose podem ser consultadas no CDC (Centers for Disease Control and Prevention), mais concretamente na divisão de parasitologia (Schistosomose)


Canela

2 comentários:

Anónimo disse...

Isto também é excessivo, se bem que nalgumas "divisões", do macho, é habital haver espaço a mais, aí tudo é minimalista!...
Piro-sexismo

Canela disse...

Lá está! Mesmo no que aparente ser perfeito, há sempre alguém dissonante!
Tendências aparte, enveredamos pelo campo das eternas diferenças e do eterno descontentamento!