segunda-feira, abril 23, 2007

Do Delírio

Das Palavras e dos Livros


Deves praticar os jogos de palavras, mas sempre
com a modéstia do cientista que enxertou em si mesmo
a perna da rã, e que enquanto não coaxa, coxeia.
Oxalá o consigas!


Alexandre O’ Neill in “Sentenças delirantes dum poeta para si próprio em tempo de cabeças pensantes”

Fotografia de © Chema Madoz

Canela

2 comentários:

Anónimo disse...

girissimo!
Piro

canela disse...

Alguém com muita fé! Mas, com espírito de cientista!