sexta-feira, fevereiro 06, 2009

Ausências

Não é fácil voltar quando nos falta a criatividade, a vontade, a determinação, quando já não nos reconhecemos. Mas hoje impôs-me a volta, criei entropia na réstia de luta que transporto, e como alguém quer ouvir: prometo que vou aprender a viver com o nódulo que me foi detectado. Prometo.

Obrigada pelos mimos, carinho, suporte e pela força que me impulsiona. Estaremos sempre juntos, sempre. Prometo.



Canela

5 comentários:

magopatologico disse...

Quando a gente sente medo, nos retraímos.

Há alguns meses atrás, quando perdi uma grande amiga da faculdade, senti um medo enorme de morrer como ela. E não consegui criar nada além de rogos e preces. Por um bom tempo.

Faz parte do engrossamento da nossa casca e do nosso caminho de individuação esse recolhimento. O que vale mais é como se usa esses novos insights.

Espero que essa fase sombria passe logo. Quero vê-la postar as muidezas belas da vida, como o reflexo de um sorriso na superfície polida de um par de cerejas, a névoa quente de uma chávena ou uma poesia nova.

Beijos do Daniel ^^

Canela disse...

Já senti medo, muito medo.
Mas também descobri que senti mais medo quando passei pela mesma situação com os que amo do que comigo.
Já chorei e já me recompôs.
Já desisti e já reiniciei.
Já aceitei e decidi que vou viver o melhor que sei e posso e que vou ser feliz.
A caminho da terceira citologia aspirativa, decidi aceitar, embora me apeteça lutar.

Parece que "alguém" anda a testar todos os nossos limites (físicos e psíquicos), mas nós (tu e eu) não somos de virar as costas, pois não?!
No caminho podem aparecer alguns obstáculos, mas nós saberemos sempre contorná-los. Força Daniel :)

Beijinhos de Canela

Celeste disse...

É bom ver-te por aqui outra vez. É sinal de que (mais uma vez) conseguiste encontrar forcas para seguir em frente e acreditar que o amanhã vai trazer-te alegria e felicidade.
Um grande beijo.

Canela disse...

Obrigada!
É só o que espero!

Beijinhos e obrigada pela força.

Anónimo disse...

"Que a força esteja contigo", é o desejo de uma amiga que nunca se esquece de ti!
Piro