sábado, setembro 27, 2008

Outra…


inusitada estória-de-amor, um tudo ou nada parecida com a que me ofereceram.


Imagens de autor desconhecido, enviadas por correio electrónico.


Canela

4 comentários:

trovador disse...

Ma cheri! Que lindo!

^^

Saudades de ti... Que acontece?

Eu estava desesperado já...

Não suma, por favor, que eu fico preocupado.

Beijooos
Au revoir =**

Amo-te e sofro de saudades!

=*

Canela disse...

Olá Lindo!

Obrigada!

Tempos difíceis, como sempre… nada de novo!
Conheces aqueles tempos em que toda a gente decide chatear-te?!
E, em que tu tens de te munir de uma couraça psicológica para que não te atinjam e prosseguir caminho?!
Resumindo: Tive uma semana de cão, exclui a minha cachorra, porque essa tem uma vida de princesa.
Muito, muito trabalho que me trás muita felicidade, por muito estranho que te possa parecer. Adoro o meu trabalho, como sabes.

Prometo que apareço, mas não com tanta assiduidade.

Eu também te amo muito Lindo, e sinto imensas saudades, mas nunca te esqueças que te carrego pelo coração.

Beijinhos meu Doce Trovador

Anónimo disse...

Se calhar o segredo está em serem de diferentes espécies( e não de diferentes planetas...) para ser bem sucedido!
Piro-Vénus

Canela disse...

Ora aí está!!!

Beijoquinhas Linda!

Canela-de-Marte ou quem-não-me-conhecer-que-me-compre!!!!